Ações domesticadoras no assentamento de reforma agrária 12 de Julho/RS

Autores

  • Larissa Mattos da Fonseca Universidade de Brasília

DOI:

https://doi.org/10.53000/rr.v13i2.4507

Palavras-chave:

Ações domesticadoras, Biodiversidade, Assentamento de reforma agrária

Resumo

Este artigo classifica três técnicas agrícolas praticadas no Assentamento de Reforma Agrária 12 de Julho/RS em seus distintos modos de ação. O forrageio, o cultivo e o abandono são aqui descritos e classificados em conjuntos de ações de tipo deixar se fazer e deixar de fazer. Essas ações são compreendidas como domesticadoras que, por meio de suas escolhas técnicas geram biodiversidade e tecnodiversidade.

Biografia do Autor

Larissa Mattos da Fonseca, Universidade de Brasília

Mestranda em Antropologia Social pela Universidade de Brasília.

Referências

CARNEIRO DA CUNHA, Manuela. Antidomestication in the Amazon Swidden and its foes. HAU: Journal of Ethnographic Theory, v. 9, n. 1, p. 126-136. 2019.

CABRAL DE OLIVEIRA, Joana et al. Vozes vegetais: resistências e história da floresta. São Paulo: Ubu Editora/IRD, 2020.

DIGARD, Jean-Pierre. A biodiversidade doméstica, uma dimensão desconhecida da biodiversidade animal. Anuário Antropológico, v. 37, n. 2, p. 205-223. 2012.

DIGARD, Jean-Pierre. La domestication animale revisitée par l’anthropologie. Ethnozootechnie. n. 71, p. 33-44. 2003.

FERNANDES, Bernardo. A territorialização do MST - Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra - Brasil. Revista NERA, v. 1, n.1, p. 02-44, 1998.

FERNANDES, Bernardo. O MST e as reformas agrárias do Brasil. Debates. Año IX n. 24. 2008.

FERRET, Carole. Towards an anthropology of action: from pastoral techniques to modes of action. Journal of Material Culture, v. 19 n. 3, p. 279-302. 2014.

HAUDRICOURT, André-Georges. Domesticação de animais, cultivo de plantas e tratamento do outro. Série Tradução n. 7, PPGAS/DAN, 2013 [1962].

HAUDRICOURT, André-Georges. Nature et culture dans la civilisation de l'igname : l'origine des clones et des clans. L'Homme, v. 4 n°1, p. 93-104, 1964.

HUI, Yuk. Tecnodiversidade. São Paulo: Ubu Editora. 2020.

LOPES DICKEL, Simone. O processo histórico de desapropriação da fazenda Annoni. XXVIII Simpósio Nacional de História. Florianópolis. 2015.

SAUTCHUK, Carlos Emanuel. Introdução. Técnica e/em/como transformação. In: SAUTCHUK, Carlos Emanuel (Org.) Técnica e Transformação: perspectivas antropológicas. Rio de Janeiro: ABA Publicações, 2017, p. 11-36.

SIGAUT, François. Technology. In: Companion Encyclopedia of Anthropology. INGOLD, Tim (Ed.). London: Routledge, 1994, p. 420-459.

Downloads

Publicado

2022-08-04

Como Citar

Fonseca, L. M. da . (2022). Ações domesticadoras no assentamento de reforma agrária 12 de Julho/RS . RURIS (Campinas, Online), 13(2), 18–38. https://doi.org/10.53000/rr.v13i2.4507