A centralização política e os poderes locais ultramarinos: as Câmaras Municipais e os Corpos Militares

Autores

  • Christiane Figueiredo Pagano de Mello UFF

Resumo

Nosso objetivo neste artigo é evidenciar as relações historicamente construídas entre o poder central régio e os centros de poder local, entendendo que estes configuram-se lugares de encontro e de colaboração, bem como de conflitos e divergências, entre os interesses das elites locais e os do centro. Nessa perspectiva, consideramos que, a partir da segunda metade do século XVIII, o centro de poder local a ser privilegiado e potencializado pelo poder régio português em sua colônia americana irá consubstanciar-se nos Corpos militares, mais especificamente nos de Auxiliares e nos de Ordenanças.

Biografia do Autor

Christiane Figueiredo Pagano de Mello, UFF

Doutora em História pela Universidade Federal Fluminense (UFF)

Downloads

Como Citar

Mello, C. F. P. de. (2011). A centralização política e os poderes locais ultramarinos: as Câmaras Municipais e os Corpos Militares. História Social, (11), 153–172. Recuperado de https://ojs.ifch.unicamp.br/index.php/rhs/article/view/168

Edição

Seção

Dossiê