As imagens das multidões nos Cinejornais de primeiro de maio do Estado Novo

Autores

  • Cássio dos Santos Tomaim Unesp- Franca

Resumo

Este artigo analisa as significações das imagens das multidões nos cinejornais de Primeiro de Maio do Estado Novo, buscando compreender como o discurso cinematográfico contribuiu para a legitimação do regime e a criação do mito Vargas. Procuramos demonstrar que as imagens das multidões são elementos importantes para a

diegese deste cinema de propaganda e que deveriam ser contempladas em sua totalidade; qualquer menção ao indivíduo era um risco que poderia quebrar o anel ao qual elas estavam circunscritas e provocar a desagregação, a não eficácia do “ideal totalitário” que constituía a propaganda política estadonovista.

 

Biografia do Autor

Cássio dos Santos Tomaim, Unesp- Franca

Doutorando em História pela Unesp/Franca

 

Downloads

Publicado

2011-01-13

Como Citar

Tomaim, C. dos S. (2011). As imagens das multidões nos Cinejornais de primeiro de maio do Estado Novo. História Social, (11), 41–74. Recuperado de https://ojs.ifch.unicamp.br/index.php/rhs/article/view/150

Edição

Seção

Dossiê